Blog do Julio Falcão

Janeiro 03 2010
Grandes capitais começam 2010 com reajuste de tarifas de ônibus. São Paulo terá a passagem mais cara do país

Por Suzana Vier

A partir de 4 de janeiro, andar nos ônibus da capital paulista vai custar R$ 2,70 e a integração ônibus e metrô, R$ 4,00. Com o aumento, de 17,4%, São Paulo passar a ser a capital com a mais cara tarifa do país.

De acordo com cálculos do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), os custos do transporte coletivo em 2010 vão pesar principalmente no bolso das famílias que vivem com um salário mínimo. "Hoje, as famílias já gastam 4,3% dos seus orçamentos só em ônibus. São 7,61% usados nos meios de transporte coletivo [incluídos metrô, trens e outros] e 10,77% com transporte em geral", avalia Cornélia Nogueira Porto, coordenadora de Pesquisa de preços do órgão.

O novo valor também vai representar acréscimo entre 0,43% a 0,64% na inflação da capital paulista. "É um percentual muito alto para um item só", critica.

Além de São Paulo, há previsão de reajuste das tarifas em Belo Horizonte, Porto Alegre e Rio. Em algumas cidades, o valor da passagem varia de acordo com o grau de conforto associado ao veículo. Os ônibus chamados convencionais cobram tarifa menor. Transporte com ar condicionado é mais caro. No Rio de Janeiro, a cobrança também depende da extensão da linha e pode variar de R$ 2,35 a R$ 4,40.

Em Florianópolis, a tarifa é menor para quem compra cartão-integração (R$ 2,20) e mais cara para o usuário casual, que prefere pagar direto na catraca a cada vez que utiliza o serviço (R$ 2,80). Nesse último caso, a capital catarinense assume o posto de maior tarifa de ônibus do país.

As menores tarifas estão em capitais do Norte e Nordeste do país, como Belém, São Luís, Teresina, João Pessoa, Fortaleza e Recife.
Fonte: Rede Brasil Atual

.
publicado por Julio Falcão às 22:27
Tags: , , ,

mais sobre mim
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14

18
19
20
21
22

24
25
27
29
30

31


pesquisar