Blog do Julio Falcão

Junho 19 2009
Fonte: Vermelho

Mais de 5 mil manifestantes pediram saída da PM da USP

Estudantes, professores e funcionários das universidade de São Paulo (USP), Estadual Paulista (Unesp) e Estadual de Campinas (Unicamp) foram às ruas, nesta quinta-feira (18), reivindicar a retirada da Polícia Militar (PM) do campus da USP, a renúncia da reitora Suely Vilela e o retorno das negociações. De acordo com a organização do ato, mais de cinco mil pessoas participaram da atividade, que saiu da Avenida Paulista em direção ao Largo de São Francisco.

''Nossas expectativas foram todas superadas. Esperamos que, com essa demonstração de força, a reitora renuncie, pois está claro que ela não tem condições políticas de permanecer à frente da instituição'', disse Magno de Carvalho, diretor do sindicato dos funcionários da universidade (Sintusp), ao Vermelho.

De acordo com o dirigente a Associação dos Docentes da USP (Adusp), Marcos Magalhães, a presença da PM no campus é uma froma de intimidação e um ''atentado contra o espírito da USP, que é de diálogo e discussão''. O professor afirma que a convocação da polícia tem uma conotação política. ''Eles não foram acionados pela reitora e é uma quebra de um paradigma de que as coisas se resolvem pelo diálogo e não pela força'', colocou.

Matéria completa Aqui


.
publicado por Julio Falcão às 11:53
Tags: , ,

seu blog faz parte dos meus favoritos...estou nas greve da USP em apoio...Por falar em sujeiras contra nois, aliás muita sujeira...daria para vc postarem a resposta que demos ao GILMAR MENDES E A REVISTA ISTO É....resposta esta no nosso blog http://saiagilmar.blogspot.com/
marilamar a 19 de Junho de 2009 às 12:54

mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


22
23
24



pesquisar