Blog do Julio Falcão

Maio 10 2009
De Mauro Santayana no JB ONLINE

"Na declaração arrogante de um parlamentar, em que desdenha a opinião pública e a imprensa – porque de nada adiantam as críticas dos meios de comunicação uma vez que os criticados continuam a ser eleitos – manifesta-se a erosão da sociedade nacional. O deputado, e nisso repete a maioria de seus pares, não tem compromisso com o eleitorado. Seu compromisso é com a corporação parlamentar a que pertence, e com os financiadores de sua campanha.

A nação se encontra em crise, porque não é agente da própria história, mediante o Parlamento, como deveria ser. A situação é antiga, mas, durante algumas legislaturas, a qualidade ética e intelectual de muitos dos eleitos nos meios urbanos amenizava os defeitos do processo. Muitas são as causas da crise, mas a principal é a falta de conhecimento, pela maioria das pessoas, de seu verdadeiro poder. Essa é a diferença entre o simples eleitor e o cidadão: a consciência de que a escolha dos parlamentares é ato intransferível da responsabilidade de quem vota. Há, no entanto, esforço permanente a fim de impedir que as pessoas se tornem cidadãs, isto é, que tenham consciência de seu dever para com o país."


Saiba mais no JB ONLINE
publicado por Julio Falcão às 14:24
Tags:

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar