Blog do Julio Falcão

Maio 26 2009
Petebista nega que partido tenha fechado acordo sobre presidência da CPI da Petrobras

Marcos Chagas
Da Agência Brasil
Em Brasília

O líder do PTB no Senado, Gim Argello (DF), negou hoje (26) que o seu partido e o PMDB tenham fechado acordo com o Democratas para que o senador ACM Júnior (DEM-BA) viesse a ocupar a presidência da CPI da Petrobras.

A partilha dos cargos de presidente e relator da comissão foi discutida ontem (25) em reuniões do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com Gim Argello e com o líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL).

"Existia um acordo com a oposição para que o [José Sergio] Gabrielli viesse nesta quarta-feira para participar de audiência pública [em que prestaria informações sobre as denúncias de corrupção na Petrobras]. Esse acordo foi feito na terça-feira passada. Comigo não foi falado o nome do senador ACM Júnior para a presidência da CPI", afirmou o petebista.

Gim Argello confirmou que a orientação do governo é de que a base aliada imponha a maioria na comissão e fique com a relatoria e com a presidência. Gim lembrou que no governo de Fernando Henrique Cardoso nenhuma CPI foi partilhada com a oposição, na época, o PT.

"Estamos colocando a maior empresa brasileira em suspeição. Temos que ter muito cuidado."

O mais importante agora, para o parlamentar, são as indicações que os partidos farão para a composição da CPI. "Quem for [escolhido] tem que ter responsabilidade nessa investigação".

Hoje ocorrerão várias reuniões entre partidos da base aliada e oposição, e a expectativa do petebista é de que até o fim do dia sejam indicados os nomes para a comissão.

Fonte: UOL

.
publicado por Julio Falcão às 16:44

Maio 26 2009
Incrível como os fatos se entrelaçam. Ontem o Juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal de São Paulo, aceitou denúncia do Ministério Público Federal contra Protógenes Queiroz.

Segundo a denúncia, Protógenes cometeu violação de sigilo funcional ao pedir a um produtor da TV Globo para gravar a tentativa de assessores de Dantas, Humberto Braz e Hugo Chicaroni, subornar um delegado da PF. Tudo isso num restaurante de São Paulo em 19 de junho de 2008.

A Folha publicou a notícia. Vejam:


Hoje, como num lance perfeito de um time bem treinado, o Opportunity faz críticas a Satiagraha e, adivinhem, questiona as provas do suborno, nítidamente baseado no que disse o Juiz Ali Mazloum. É ou não é uma jogada de craques?

A Folha também publicou essa notícia. Vejam:


Só falta combinar com o juiz Fausto de Sanctis que já afirmou que não considerou como prova a gravação apresentada para condenar o Daniel Dantas e, combinar, também, com o STF que não viu nada demais na participação da Abin na operação.

A operação foi totalmente Legal.

.
publicado por Julio Falcão às 16:14
Tags:

Maio 26 2009
Tucanos tentam censurar inserções do PT, mas TSE nega

O ministro Félix Fischer, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, indeferiu nesta terça-feira (26) pedido de liminar ajuizado pelo PSDB, que tentava censurar as inserções nacionais do PT a serem exibidas no rádio e na televisão na noite de hoje.

A ação dos tucanos usava o falso argumento de que as inserções petistas estariam supostamente fazendo “propaganda eleitoral” para a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Das três inserções de 30 segundos cada, veiculadas desde a semana passada, a ministra Dilma aparece em duas. Na primeira, sua fala dura apenas 7 segundos. Na segunda, 4 segundos. Nos dois casos, fazem referência aos avanços do Brasil promovidos pelo PT e suas políticas públicas.

Os tucanos usaram um segundo argumento, igualmente falso, na tentativa de tirar as inserções do ar. Dizem eles, na representação ajuizada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que a elevação dos índices de intenção de voto na ministra – conforme pesquisa divulgada pelo PT também na semana passada – já seria um reflexo da exposição de Dilma nas inserções. Ocorre que as inserções começaram a ir ao ar em 19 de maio, enquanto a pesquisa foi feita entre os dias 2 e 7 de maio.

Para ver as inserções que o PSDB tentou censurar, clique nos links abaixo:

Inserção 1

Inserção 2

Inserção 3

Fonte: PT

.
publicado por Julio Falcão às 15:48
Tags: ,

Maio 26 2009
Agência Estado

Imagem do Bolsa-Família na ONU é positiva, diz governo

São Paulo - A secretária executiva substituta do Ministério do Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, disse ontem que as impressões dos analistas da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o Bolsa-Família são ótimas. “Quando estive em Genebra, há duas semanas, na fase de elaboração do relatório, a principal recomendação que ouvi foi relacionada à ampliação do programa”, contou.

A secretária debateu o Bolsa-Família no Comitê pelos Direitos Econômicos e Sociais. “Na ocasião, o presidente Lula ainda não havia autorizado a ampliação do programa, iniciada na semana passada. Quando informei que a mudança estava a caminho, eles elogiaram a iniciativa”, disse. Os técnicos chegaram a sugerir a extensão do programa a todas as famílias brasileiras: “Expliquei a eles que temos limitações orçamentárias.”

O programa desperta enorme atenção na ONU, segundo Roseli. “Não existe no mundo um programa de transferência de renda com tanta amplitude. Ele chega ao 5.564 municípios do País e acolhe um quarto da população brasileira.”

.
publicado por Julio Falcão às 09:47
Tags:

Maio 26 2009

Porque o Presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, vai almoçar com a diretoria da Editora Três? Será que o assunto é particular?

Segundo sua agenda, o almoço será hoje em São Paulo.

.
publicado por Julio Falcão às 08:44

Maio 26 2009

"A afirmativa de que estamos pagando muito imposto, o que compromete uma parcela significativa do tempo do ano, tem pouco consistência. Considera-se a arrecadação de impostos pelo poder público, mas não se leva em conta que uma parte significativa de impostos retorna", Marcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Fonte: Portal Terra

.
publicado por Julio Falcão às 08:27
Tags:

Maio 26 2009

"a opinião pública vai entender que o governo deve ter muita coisa a esconder". "Uma CPI que parta, tendo o presidente e o relator de um lado só, é uma CPI de um lado só e os seus resultados estarão, seguramente, sob dúvida. Não há ponto e contraponto", declarou Agripino Maia à Agência Brasil.

É ou não é uma piada pronta esse fraco senador?

O que ele sabe sobre opinião pública? Tá se achando...

Essa fraca oposição quer "ganhar no grito", estão desconsolados com o fato de não poderem ter mais representantes na CPI do PSDB.

O medíocre senador Arthur Virgílio disse que vai recorrer a CCJ para conseguir mais uma vaguinha. Começou a apelação.

Podem chorar à vontade, Lula já "decretou" que a relatoria e a presidência da CPI do PSDB ficará com a base aliada.

.
publicado por Julio Falcão às 08:08
Tags: , ,

Maio 26 2009


"...muitas vezes a gente chama de Mestre, mas não paga o que eles merecem..." Lula, falando do sálario dos professores.

"Aqui tem gente muito mais letrada do que eu. Agora pesquisem e vejam se já existiu no país, em qualquer governo, um governo que fez 50% do que estamos fazendo pela educação", Lula

"Hoje, vendo coisas ruins, como as favelas, fico imaginando como as pessoas que governaram o país foram perversas.", Lula


Vocês acham que essas pessoas foram vaiar ou aplaudir o Lula?

A imagem fala por sí.
publicado por Julio Falcão às 08:00
Tags:

Maio 26 2009
Funcionários da Sabesp anunciam greve a partir desta terça-feira (26)

Folha Online

Os trabalhadores da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) decidiram nesta segunda-feira entrar em greve, por tempo indeterminado, a partir da 0h desta terça-feira (26).

De acordo com o Sintaema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo), além de não avançar em diversos itens da pauta de reivindicações, como o fim do salário regional, PLR (Participação nos Lucros e Resultados) igualitária, adicionais e aumento real, a Sabesp manteve a proposta de 6,05% de reajuste salarial com repasse aos benefícios e a garantia no emprego a 90% dos servidores. Para a categoria, o último item é inaceitável, já que representa ameaça de demissão a cerca de 1.600 trabalhadores.

A categoria garante que a população não será prejudicada com a greve pois os plantões seriam mantidos para garantir o abastecimento e emergências.

A Sabesp tem cerca de 17 mil trabalhadores e atende 366 municípios, segundo o Sintaema.

A Folha Online entrou em contato com a Sabesp e a assessoria de imprensa da companhia informou que deve se manifestar ainda na noite de hoje.

.
publicado por Julio Falcão às 07:52
Tags: ,

Maio 26 2009
A cara de pau do PSDB não conhece limites.

Depois da propaganda partidárias do PSDB mostrar o Serra como um "governador que trabalha enquanto outros fazem campanha", agora, eles criticam o fato da Dilma aparecer na propaganda partidária do PT.

"o inequívoco propósito de fazer propaganda eleitoral em favor de sua notória pré-candidata à Presidência da República", segundo os tucanos.

Esses caras são muito fracos. Pensam que todos são idiotas.

.
publicado por Julio Falcão às 07:43
Tags: , , ,

Maio 26 2009
Estadao OnLine

Estadao OnLine


SÃO PAULO - Os professores da Universidade de São Paulo (USP) paralisaram suas atividades nesta segunda-feira, 25, e promoveram um ato em frente à reitoria em defesa de melhores salários. No local, deve acontecer uma nova negociação do Fórum das Seis - que reúne entidades de professores e servidores das universidades públicas paulistas - com o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp). Os funcionários da USP estão em greve desde o dia 5 de maio.

Matéria completa Aquí
.
publicado por Julio Falcão às 07:30
Tags:

Maio 26 2009
BBC Brasil

Brasil é o futuro do petróleo latino-americano, diz 'Financial Times'

O Brasil representa o futuro do petróleo latino-americano, em contraste com os problemas enfrentados pelos dois maiores e mais tradicionais produtores da região, Venezuela e México, segundo afirma reportagem publicada nesta terça-feira pelo diário britânico Financial Times.

"Nos últimos dois anos, a Petrobras, a sofisticada empresa brasileira estatal de capital aberto, descobriu reservas tão promissoras em águas profundas na costa sudeste que os executivos estão comparando esta nova fronteira com o Mar do Norte, que salvou o mundo da crise energética criada pelo Oriente Médio nos anos 1970", diz o jornal.

A reportagem afirma que até agora o Brasil tem gerido bem sua indústria, permitindo que a Petrobras se transforme em "uma das mais avançadas companhias internacionais de petróleo".

O jornal adverte, porém, que a empresa ainda tem grandes desafios técnicos e financeiros para explorar as novas reservas de petróleo e comenta que os políticos do país ainda discutem uma nova legislação para regular o desenvolvimento dessas novas reservas.

"Enquanto as discussões em Brasília prosseguem, as histórias da Venezuela e do México deveriam servir como advertência", afirma a reportagem.

Galinha dos ovos dourados

O texto comenta os efeitos negativos da má gestão das empresas públicas de petróleo nos dois países, comparando-as à fábula da galinha dos ovos dourados.

"A indústria venezuelana de petróleo pode não estar morta, como foi o destino da galinha na fábula, mas a última onda de nacionalizações no setor pode se mostrar um golpe quase fatal, advertem executivos do setor", diz o texto.

O jornal afirma que, em seus dez anos no poder, o presidente Hugo Chávez "dizimou a PDVSA, a estatal venezuelana do petróleo, que nos anos 1990 aparecia como uma das mais bem gerenciadas do mundo".

A produção venezuelana caiu de 3,4 milhões de barris em 1999, antes de Chávez chegar ao poder, a 2 milhões atualmente.

Cofrinho

Segundo o jornal, a Venezuela não está sozinha na "má gestão de seu mais precioso recurso".

"Por mais de 50 anos, o México rivalizou com a Venezuela como o mais importante produtor de petróleo da América Latina. Mas o país também usou demais sua empresa estatal de petróleo como cofrinho para tirar dinheiro", diz o texto.

A reportagem comenta que decisões políticas deixaram a estatal Pemex endividada e com dificuldades para investir na produção e no desenvolvimento das reservas de petróleo do país.

Além disso, as leis mexicanas dificultam a participação de empresas estrangeiras, que poderiam ocupar o espaço deixado pela Pemex em relação aos investimentos.

"Apesar de recentes reformas políticas, o México agora enfrenta a assombrosa perspectiva de se tornar importador líquido de petróleo em uma década", afirma o jornal.
publicado por Julio Falcão às 07:21

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 02:30

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 02:00

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 01:30

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 01:00

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 00:30

Maio 26 2009
.



.
publicado por Julio Falcão às 00:00

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






pesquisar