Blog do Julio Falcão

Julho 01 2009
PF conclui investigação sem achar grampo no Supremo

Sem encontrar o áudio e sem identificar o responsável pela eventual gravação, a Polícia Federal concluiu a investigação que apurou o suposto grampo no presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes, informa reportagem de Lucas Ferraz, publicada nesta quarta-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Segundo a reportagem, para os delegados William Morad e Rômulo Berredo, responsáveis pelo inquérito aberto há dez meses, não houve crime, não há "corpo", ou seja, não foi encontrada a suposta gravação.
Fonte: Folha Online

(Comentário do blog: O ministro Gilmar e o senador Demóstenes precisam explicar qual era a verdadeira intenção deles ao declarar culpa à Abin. Lacerda foi exonerado por causa da acusação. Os dois, o ministro e o senador, devem uma explicação à nação e a revista lixo, a Veja, precisa ser processada)

.

publicado por Julio Falcão às 12:34

mais sobre mim
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





pesquisar