Blog do Julio Falcão

Junho 23 2010

Funasa responde a Serra

Da Funasa

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Sobre entrevista de José Serra ao programa Roda Vida na TV Cultura

 

A Assessoria de Comunicação e Educação em Saúde (Ascom) da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, manifesta, em nome da Instituição e de seus servidores, repúdio às declarações feitas pelo ex-ministro da Saúde José Serra sobre a Funasa, durante entrevista gravada no último sábado (19) para o programa Roda Viva, da TV Cultura, e transmitida nesta segunda-feira (21).

 

Serra afirmou que o governo Lula loteou os órgãos federais para os partidos, sem considerar a competência dos nomeados e permitindo a corrupção. O ex-ministro criticou, especificamente, os Correios e a Fundação Nacional de Saúde.

 

Mas, ao contrário do que pensa José Serra, para ser dirigente da Funasa não basta ser indicado; é imprescindível ter competência e notório conhecimento técnico. Os cargos de direção e de coordenação são ocupados por profissionais de comprovada experiência nas áreas de saúde, engenharia e administrativa, e as indicações são sempre condicionadas à aprovação da Casa Civil.

 

Durante o programa, José Serra também declarou que, na época em que foi ministro da Saúde, não indicou o presidente da Funasa, o que não é verdade. O Sr. Mauro Ricardo Machado Costa, atualmente secretário de Estado de Fazenda de São Paulo, foi nomeado por ele como presidente da Instituição (26/04/1999 a 14/01/2003).

 

A Funasa ressalta ainda que a valorização e o fortalecimento da Instituição tem sido uma das marcas da gestão anterior e da atual. Das seis diretorias que compõem a estrutura da Instituição, cinco são ocupadas por servidores da Funasa ou de carreira da administração pública federal.

 

Outro exemplo do fortalecimento da Funasa foram os concursos públicos promovidos em 2008 e 2009, pela primeira na história da Funasa, para reforçar o quadro de profissionais da Fundação. Nos últimos dois anos, foram realizados dois processos seletivos para o PAC e um concurso público, com 419 vagas. No total, foram criadas e preenchidas 573 vagas. Outro processo seletivo, também já autorizado, está em fase de contratação. Serão mais 802 vagas para atender a Saúde Indígena.

 

 

 

Assessoria de Comunicação e Educação em Saúde - Ascom

Fundação Nacional de Saúde – Funasa

Fonte: Nassif

 

 

publicado por Julio Falcão às 00:00
Tags: , ,

mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

14
15

21
25
26



Blog no mundo
pesquisar